Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008
...De ouvidos à comunidade...

Porque a voz da comunidade é importante, decidimos (no 1ºperíodo) entrevistar alguns professores e alunos na nossa escola.

Questionámos:

O que há para evoluir em Seia?

O que deveria existir no futuro?

 

Apresentamos hoje o resultado e as conclusões

Agradecimentos a todos os que deram o seu contributo

As respostas foram variadas, umas mais vantajosas que outras, e portanto com base numa análise reflectimos sobre as respostas obtidas. O porque sim e o porque não!

 

Porque não

1.Os centros comerciais

 

1. Prejudicariam o comércio local, pois bem vistas as coisas nestas grandes superfícies procuram-se instalar lojas cujos nomes são já conhecidos e que nada contribuiriam para o desenvolvimento económico da cidade! A variabilidade de oferta neste campo já é muita, o que não falta por Portugal inteiro são locais para esbanjar dinheiro! No nosso ver uma infra-estrutura destas nada traria de exclusivo à nossa cidade.

 

Porque sim

1.Aposta de turismo de Inverno e de Verão e criação de infra-estruturas acolhedoras

2. Apostar na conservação da natureza

3. Mais espaços verdes

4. Criação de empresas proporcionadoras de emprego

5. Fazer um melhor aproveitamento de toda a Serra da Estrela já que é uma atracção turística

6. Desenvolver e trabalhar mais o turismo

8. Apostar no património natural que é rico e variado

 

Todas estas respostas obtidas dão sentido ao nosso projecto

Porque com ele cremos apelar à conservação da natureza, porque temos recursos ambientais/naturais que podem ser “explorados” e dados a conhecer. Porque queremos promover emprego e porque na nossa região a natureza é um ponto forte!

 

Há que pensar

1.Os meios de comunicação

2.Transportes nocturnos para jovens

3.Restauração do património existente e divulgação do mesmo

 

Estas respostas têm toda a razão de ser, contudo, o nosso projecto não as abrange. Desta forma se alguém as quiser tratar no seu projecto pode estar á vontade.

 1.Seia/ Serra da Estela, visto se localizar sobre pólos montanhosos, não pode usufruir de grandes acessos. No nosso ver achamos que deveria ser reforçada a sinalização indicativa de Seia, porque a cidade está pouco sinalizada nas estradas; as placas indicativas aparecem raramente. Pela complexidade e adversidades (ambientais e paisagísticas) que traria a abertura de novas vias de acesso, achamos não se deveria portanto apostar na criação de novas vias mas na optimização das já existentes.

 

2.Os transportes à noite:

Falando na generalidade, e sendo Seia uma cidade constituída por 29 freguesias, a existência de transportes públicos torna-se imprescindível. Contudo, não há horários muito flexíveis e os autocarros funcionam sobretudo como transporte escolar. Qualquer pessoa que se queira deslocar pelo interior da cidade tem que faze-lo a pé, porque deixou de existir o transporte urbano que circulava pelo interior da cidade e por algumas freguesias. Se por um lado é menos cómodo por outro é mais saudável, andar a pé não polui e faz bem! Os transportes à noite, no nosso ver apenas deveriam funcionar ao fim de semana (sexta e sábado), só aí se justificaria porque é sobretudo nestes dias que os jovens se deslocam à cidade à noite.

 

3.Restauração do património existente e divulgação do mesmo

Seia expõem muito património arquitectónico contudo, o seu estado de conservação pode considerar-se bom. Apenas temos que apontar o caso do Solar dos Botelhos que é considerado património nacional e que está em péssimo estado de conservação, contudo se calhar não valerá uma recuperação, porque se situa numa zona onde se falou poderem vir a ocorrer intervenções camarárias para optimização de acessos (alargamento de estrada).

 

Foram algumas destas respostas que nos ajudaram a fixar um tema de trabalho e que posteriormente nos conduziram a decisão do nosso projecto.

 

Porquê a escolha deste projecto?

  • Porque pertencemos a uma das regiões mais diversificadas do ponto de vista ambiental, paisagístico e climático do país.
  • Porque temos vastos recursos ambientais, uma paisagem de qualidade, valores de biodiversidade (fauna e flora) elevados, tradições e modos de cultura (festas e romarias) quase únicos.
  • Porque Seia é uma cidade fortemente marcada pelo turismo, pela proximidade que apresenta à Serra da Estrela.
  • Porque faz falta animação cultural em Seia.
  • Porque seria atractivo aos residentes e não residentes.
  • Porque iria geral emprego e contribuir para o desenvolvimento económico da cidade

Porque é necessário conservar o que temos de melhor

Porque os turistas precisam mais do que um local para dormir e comer, necessitam de actividades que os façam ficar e voltar.



publicado por mentesemaccao às 12:35
link do post | comentar | favorito

.mais sobre nós
.Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.links
.mais sobre nós
blogs SAPO
.subscrever feeds